Biblioteca íntima

Ao experimentar o corpo fotográfico, a artista rende-se e transforma, a si mesma, em um corpo-imagem, corpo-carne, corpo-sopro, disposto a tornar visível tudo aquilo o que se oculta e recusa-se a tornar-se escritura. A obra de Sheila Oliveira é, invariavelmente, uma reflexão obstinada a vasculhar, nas dobras da existência, o que nos é essencial. Qual é a nervura, a quintessência, o sopro da vida? As imagens do itinerário de seus trabalhos, reunidas em seu primeiro livro, soam por vezes como uma alucinação, outras vezes como metáforas que possuem uma clareza assustadora sobre os desvãos que opõem matéria e dissolução, corpo e espírito, razão e devaneio.

(FONTE: site da editora)

Identificação
Título
Biblioteca íntima
Tipo de Publicação
Cidade de Edição
Estado de Edição
País de Edição
Editora
Ano de publicação
2018
Número de Páginas
104 p.
ISBN / ISSN
9788563824202
Idioma
Ficha Técnica
Autoria (Fotografia)
Autoria (Texto)
Edição
Design (Projeto Gráfico)
Impressão (Gráfica Principal)
Outros
Forma Física
Largura (cm)
19
Altura (cm)
26
Tiragem
700
Tipo de capa
Sem Capa
Tipo de Papel
HiBright 52g/m2 Munken Pure 120g/m2
Tipo de encadernação
Cadernos costurados com espinha aparente
Extra externo
Caixa
Conteúdos
Assuntos Fotográficos
Assuntos Gerais
URL
A+
A-