Corte seco

O fotógrafo Alberto Bitar acompanhou por mais de um ano as rondas policiais nos bairros de periferia da grande Belém, capital paraense, e registrou as cenas deixadas após os homicídios que ocorrem quase diariamente numa das cidades mais violentas do país. O resultado das imagens capturadas em baixa velocidade dão cor e movimento aos diversos atores sociais que convivem com à barbárie cotidiana e sugere reflexão sobre a condição de impermanência.

(FONTE: google books)

Identificação
Título
Corte seco
Tipo de Publicação
Cidade de Edição
Estado de Edição
País de Edição
Editora
Ano de publicação
2013
Número de Páginas
52 p.
ISBN / ISSN
9788562035029
Idioma
Ficha Técnica
Autoria (Fotografia)
Autoria (Texto)
Edição
Design (Projeto Gráfico)
Impressão (Gráfica Principal)
Forma Física
Largura (cm)
23
Altura (cm)
16
Tipo de capa
Dura
Tipo de encadernação
Brochura
Conteúdos
Assuntos Fotográficos
Assuntos Gerais
A+
A-