Natureza-morta ultraprocessada

fotografias Raquel Nava

Criaturas perturbadoras, híbridos imaginários, um bestiário de nosso mundo industrializado. (...)

Artista contemporânea, Raquel retoma e transforma um dos gêneros mais tradicionais e pouco valorizados da história da arte, o das naturezas-mortas, para oferecer questionamentos sobre o excessivo consumo de produtos animais. Assume um caráter político para sua arte, em que a tônica é o questionamento de nossas práticas antropocêntricas, a preocupação com a relação do animal humano com os demais animais.

A maior parte das obras foi pensada como fotografia, outras são instalações registradas pela artista com a mesma técnica. Ao todo, 41 imagens estruturam a desconcertante narrativa visual que o livro apresenta. A organização dos objetos, o jogo de sombra e luz, e a harmonização das cores retomam valores inerentes ao gênero natureza morta e à técnica fotográfica. (...) – GRAÇA RAMOS

(FONTE: a editora)

Identificação
Título
Natureza-morta ultraprocessada
Tipo de Publicação
Cidade de Edição
Estado de Edição
País de Edição
Editora
Ano de publicação
2022
ISBN / ISSN
9786588259115
Idioma
Ficha Técnica
Autoria (Fotografia)
Autoria (Texto)
Edição de Imagem
Projeto Gráfico
Conteúdos
Assuntos Fotográficos
Assuntos Gerais
A+
A-