Capa do livro

Monumentalidade e sombra : o centro cívico de Brasília por Marcel Gautherot

Em Monumentalidade e sombra: o centro cívico de Brasília por Marcel Gautherot – pesquisa contemplada com o Prêmio CAPES de Teses, área Artes/Música 2012 –, Heloisa Espada tece relações entre soluções formais e construções históricas e ideológicas em torno da criação da nova capital, descortinando as diversas camadas de significados políticos e simbólicos das fotos de Gautherot. A partir da formação do artista junto ao Purismo de Le Corbusier e de suas relações pessoais constituídas no Brasil, a autora mostra como sua obra se relaciona com as ideias de Lucio Costa e Oscar Niemeyer em torno do sentido monumental da capital.

Por outro lado, ao enfocar a presença marcante de sombras e de espaços vazios nas fotos de Gautherot, o livro aborda as ambiguidades de suas imagens, em sintonia, por vezes, com o teor melancólico de narrativas literárias e críticas sobre a “capital da esperança”. Além disso, analisa também como as formas de circulação da obra de Gautherot incidem sobre seus significados. As discussões aqui expostas revelam, sobretudo, a complexidade de uma das representações mais contundentes e emblemáticas do Brasil moderno.

(FONTE: a publicação)

Identificação
Título
Monumentalidade e sombra
Subtítulo
o centro cívico de Brasília por Marcel Gautherot
Tipo de Publicação
Cidade de Edição
Estado de Edição
País de Edição
Editora
Ano de publicação
2016
Número de Páginas
174 p.
ISBN / ISSN
9788539106912
Idioma
Ficha Técnica
Autoria (Texto)
Impressão
Forma Física
Largura (cm)
16
Altura (cm)
23
Tipo de capa
Flexível
Tipo de encadernação
Brochura
Conteúdos
Assuntos Fotográficos
Assuntos Gerais
A+
A-