GUIA DE BOAS PRÁTICAS EDITORIAIS: ISBN, FICHA CATALOGRÁFICA E DEPÓSITO LEGAL


1) ISBN

 

1.1) O QUE É?

O International Standard Book Number (ISBN) pode ser definido, resumidamente, como o "RG" do livro. Até 2006 o sistema era composto por 10 dígitos, e a partir de 2007 passou-se a adotar 13 dígitos. Estes números identificam e individualizam os livros segundo o país de edição, editora e título.

Por ser um sistema numérico internacional, padronizado e permanente, a atribuição de um ISBN permite a recuperação de informações sobre uma determinada publicação em qualquer parte do mundo, facilitando assim a sua identificação e comercialização.


1.2) QUEM EMITE?

O sistema é controlado pela Agência Internacional do ISBN, que orienta e delega funções às agências nacionais que, no caso brasileiro, chama-se Agência Brasileira do ISBN. Ela é instituição responsável pelo registro das publicações editadas em território nacional e a emissão do número e do código de barras. No Brasil, esta função esteve a cargo da Fundação Biblioteca Nacional até fevereiro de 2020, sendo substituída pela Câmara Brasileira do Livro (CBL) a partir de março deste ano.


1.3) COMO SOLICITAR?

Acesse o site da Câmara Brasileira do Livro (CBL) e siga as instruções.



1.4) O QUE SIGNIFICAM OS NÚMEROS DO ISBN?