Souvenirs

(...) Ocultando as vibrações sentimentais revividas de suas madeleines, Tacca faz vibrarem esses objetos souvenirs para além de sua própria lembrança, na intensidade intrínseca que cada um possui. Ao mesmo tempo, indica que são portadores de memória ignorada, pois permitem intuir algumas frestas produzidas por falhas em descompasso. As fotos se constituem como um elo entre o espectador e o visível, entre eu e um outro que não se dá inteiramente, que adere e que se distancia de mim. A imagem é determinada no espaço (da composição) e no tempo, ou, antes, nos tempos – o da incorporação sentimental desses souvenirs, o do clique fotográfico, o da exposição ao olhar. – JORGE COLI

(FONTE: a publicação)

Identificação
Título
Souvenirs
Tipo de Publicação
Cidade de Edição
Estado de Edição
País de Edição
Editora
Ano de publicação
2018
Número de Páginas
144 p.
ISBN / ISSN
9788526814592
Idioma
Ficha Técnica
Autoria (Fotografia)
Autoria (Texto)
Projeto Gráfico
Impressão
Forma Física
Largura (cm)
23
Altura (cm)
23
Tipo de capa
Flexível
Tipo de Papel
Couché Fosco 115g/m2 Miolo Cartão Supremo 250g/m2 Capa
Tipo de encadernação
Brochura
Conteúdos
Assuntos Fotográficos
Assuntos Gerais
A+
A-