Plano, seco e pontiagudo

A fotógrafa Mônica Zarattini viajou em 1989 e 2016 para o sertão da Bahia, onde ocorreu a Guerra de Canudos há 120 anos. Na primeira viagem, a missão de Mônica foi fazer uma reportagem sobre os 80 anos da morte de Euclides da Cunha, quando fotografou em preto e branco, com o bom e velho filme TRI-X, sistema analógico. Repetiu a mesma rota em 2016, quando reencontrou cinco pessoas que se emocionaram muito ao ver suas imagens de 27 anos antes. Desta vez, projetou as fotografias antigas nas pessoas reencontradas e as fotografou novamente, só que em fotos coloridas, e no sistema digital. Além disso, levou consigo 3 rolos de filmes infrareds, os quais ficaram por 27 anos guardados na sua geladeira e com eles registrou paisagens locais.

(FONTE: site da editora)

Identificação
Título
Plano, seco e pontiagudo
Tipo de Publicação
Cidade de Edição
Estado de Edição
País de Edição
Editora
Ano de publicação
2018
Número de Páginas
1 vol. não paginado.
ISBN / ISSN
9788595500242
Idioma
Ficha Técnica
Autoria (Fotografia)
Edição de Imagem
Projeto Gráfico
Impressão
Forma Física
Largura (cm)
21
Altura (cm)
14
Tiragem
400
Tipo de capa
Flexível
Tipo de Papel
Munken Pure 120g/m2
Tipo de impressão
Indigo
Tipo de encadernação
Cadernos costurados com espinha aparente
Conteúdos
Notas de idioma

Textos em português e inglês.

Assuntos Fotográficos
Assuntos Gerais
A+
A-