Marcel Giró moderno

A obra de Giró não se libertou totalmente da responsabilidade documental, forjada nas vivências do período entre-guerras. Mesmo quando absorto pelas formas, pelas geometrias e pelas outras experimentações do modernismo da Escola Paulista, suas fotografias deixam escapar a preocupação desta geração de fotógrafos em documentar as transformações das cidades, a industrialização, a modernidade, como o fizeram Paulo Pires, José Yalenti, Ademar Manarini, Eduardo Salvatore, Gaspar Gasparian e outros participantes do FCCB.

(FONTE: site da editora)

Identificação
Título
Marcel Giró moderno
Tipo de Publicação
Cidade de Edição
Estado de Edição
País de Edição
Editora
Ano de publicação
2013
Número de Páginas
48 p.
Idioma
Ficha Técnica
Autoria (Fotografia)
Autoria (Texto)
Projeto Gráfico
Impressão
Outros
Forma Física
Largura (cm)
28
Altura (cm)
40
Tiragem
1.000
Tipo de capa
Flexível
Tipo de Papel
Pólen 90g/m2
Tipo de encadernação
Canoa com grampos
Conteúdos
Notas de exposição

Exposição homônima ocorreu de 5 de novembro a 14 de dezembro de 2013 na Galeria Bergamin, em São Paulo.

Assuntos Fotográficos
Assuntos Gerais
A+
A-