A carne mais barata do mercado

Quanto vale a vida? Devemos, mais uma vez, refletir sobre a sociedade que estamos construindo e perceber que reconhecer o outro como igual, independentemente de sua cor da pele, ainda exige muita consciência de cada um de nós. No Brasil, negros e autodeclarados pardos, são a maior parcela da população. Ao mesmo tempo, do total de desempregados no país, 65,2% são negros ou pardos, e o pior, a cada 23 minutos um jovem negro é morto neste mesmo país. Isso tem que parar. Vidas negras importam e estas estatísticas tem que mudar. Todos os dias são de luta contínua por respeito, por justiça, por inserção na sociedade para negros e negras. Estamos aqui, lutando para construir um futuro para nós e nossos filhos onde não seremos mais tratados como a carne mais barata do mercado.

(FONTE: a autora)

Identificação
Título
A carne mais barata do mercado
Tipo de Publicação
Cidade de Edição
Estado de Edição
País de Edição
Editora
Ano de publicação
2019
Número de Páginas
1 vol. não paginado.
Idioma
Ficha Técnica
Autoria (Fotografia)
Forma Física
Largura (cm)
15
Altura (cm)
21
Tipo de capa
Flexível
Tipo de encadernação
Canoa com grampos
Conteúdos
Assuntos Fotográficos
Assuntos Gerais
URL
A+
A-