Autorretrato sensorial

fotografias Edu Monteiro

Pode um rosto desmascarar o sujeito? Retrato é objeto – o avesso da carne transbordado em coisa. O impulso surgiu ao ver uma máscara sensorial da artista plástica brasileira Lygia Clark. Com ela, veio a vontade de experimentar, manusear, vestir aquele objeto de sensações e autoanálise, proposto pela artista. Comecei então a criar minhas próprias máscaras, não só inspiradas em poéticas utilizadas por Lygia, mas também em diferentes artistas ao longo da história da arte, que de alguma forma marcam minha memória. Inspirado nessa proposta, produzo autotransformações em vez de usar os corpos dos outros, como fazia Clark. Ofereço o meu próprio corpo e mente a experiências semelhantes com as que Lygia trabalhava no “arquivo de memórias” dos seus pacientes: os seus medos e fragilidades, através do sensorial.

(FONTE: o autor)

Identificação
Título
Autorretrato sensorial
Tipo de Publicação
Cidade de Edição
Estado de Edição
País de Edição
Editora
Ano de publicação
2015
Número de Páginas
1 vol. não paginado
Idioma
Ficha Técnica
Autoria (Fotografia)
Autoria (Texto)
Edição de Imagem
Projeto Gráfico
Impressão
Forma Física
Largura (cm)
16
Altura (cm)
24
Tiragem
100
Tipo de capa
Flexível com sobrecapa
Tipo de Papel
Keaykolour 150g/m2 Rives 100g/m2
Tipo de encadernação
Canoa com costura
Conteúdos
Notas de idioma

Textos em portugês e inglês

Assuntos Fotográficos
Assuntos Gerais
Referências Externas
URL
A+
A-