Capa do livro

Kuarup Quarup

fotografias Paulo Marcos de Mendonça Lima

A primeira impressão que se tem olhando estas fotos é que alguma família Kamayurá ou Yawalapiti convidou Paulo Marcos para o weekend e que ele, andando pela casa, o quintal e os arredores, foi registrando na câmera o que viu. Na verdade, Paulo Marcos passou no Xingu quatro meses de árduo trabalho no belo filme Kuarup, de Ruy Guerra, e ao ar natural que se têm as fotos, a simplicidade e doçura do que mostram são a marca da finura do seu autor. Para um fotógrafo no Xingu, o flagrante vistoso, espetacular, é fácil: na ponta do galho de árvore que se debruça sobre o rio, o índio retesa a corda do arco para fisgar o peixe; fumando um charuto de ervas, o pajé expulsa maus espíritos do corpo de uma índia com febre, jovens atletas se engalfinham na luta, na huka-huka. Mas não eram cenas assim que Paulo Marcos buscava e sim o cotidiano dos índios, a vida fluindo entre eles como flui entre nós. Por isso é que, sem pensar nisso, fez um trabalho que honra o Parque Indígena do Xingu e enaltece a obra que já realizaram seus fundadores, Orlando e Cláudio Villas Boas. O parque visa a preservar o índio tal como ele é, e graças ao Parque, os índios do Xingu são exatamente como eram quando eu os visitei pela primeira vez, quase quarenta anos atrás. Paulo Marcos retribui a hospedagem xinguana fazendo este admirável álbum de família. De uma família bastante feliz. - ANTÔNIO CALLADO

(FONTE: a publicação)

Identificação
Título
Kuarup Quarup
Tipo de Publicação
Cidade de Edição
Estado de Edição
País de Edição
Editora
Ano de publicação
2007
Número de Páginas
137 p.
ISBN / ISSN
8559365050
Idioma
Ficha Técnica
Autoria (Fotografia)
Autoria (Texto)
Projeto Gráfico
Impressão
Forma Física
Largura (cm)
25,5
Altura (cm)
25,5
Tipo de capa
Dura
Tipo de encadernação
Brochura
Conteúdos
Notas de idioma

Edição bilíngue em português e inglês.

Assuntos Fotográficos
Assuntos Gerais
A+
A-