Capa do livro

Trinta e duas calçadas São Paulo

fotografias Bernardo Dorf

Ao chegarmos a uma paisagem estrangeira queremos imediatamente nos ajustar a ela e ao mesmo tempo queremos reconhecer este lugar como nosso próprio espaço. A apropriação do conceito/projeto do artista Ed Ruscha, foi utilizada. Porque uma calçada? Ela ao mesmo tempo delimita, traça, define e se impõe.

(FONTE: site da biblioteca IMS Paulista)

Identificação
Título
Trinta e duas calçadas São Paulo
Tipo de Publicação
Cidade de Edição
Estado de Edição
País de Edição
Editora
Ano de publicação
2021
Número de Páginas
1 vol. não paginado
ISBN / ISSN
9786500317695
Idioma
Ficha Técnica
Autoria (Fotografia)
Forma Física
Largura (cm)
16,5
Altura (cm)
23
Tipo de capa
Flexível
Tipo de encadernação
Brochura
Conteúdos
Assuntos Fotográficos
Assuntos Gerais
Referências Externas
Acervo Consultado
A+
A-