Memórias de rio : Amazônia, 1970

fotografias Lucio Kodato e Zetas Malzoni

Lúcio Kodato e Zetas Malzoni, dois experientes diretores de fotografia do cinema brasileiro, estão lançando o livro “Memórias de Rio – Amazônia 1970”. Por que o fazem com atraso de 50 anos? Essa pergunta é respondida pelos dois fotógrafos em textos sintéticos e bem-humorados, escritos para contextualizar o momento (e circunstâncias) em que as imagens foram produzidas.

Rosely Nakagawa, que apresenta “Memórias de Rio”, descreve o itinerário dos dois fotógrafos-aventureiros: “descer o Rio Negro, de São Gabriel da Cachoeira até Manaus, com um mapa impresso, na década de 1970, para fotografar e filmar”. Isso, “num momento em que as condições políticas do país não favoreciam o deslocamento”. Era o tempo “do ‘Brasil Grande’, das usinas de energia, da rodovia Transamazônica, do Plano de Integração Nacional, do ‘integrar para não entregar’”. Enfim, 1972, o ano ufanista do Sesquicentenário da Independência.

(FONTE: site da livraria Lovely House)

Identificação
Título
Memórias de rio
Subtítulo
Amazônia, 1970
Tipo de Publicação
Cidade de Edição
Estado de Edição
País de Edição
Editora
Ano de publicação
2020
Número de Páginas
256 p.
ISBN / ISSN
9786500121339
Idioma
Ficha Técnica
Autoria (Fotografia)
Autoria (Texto)
Projeto Gráfico
Impressão
Outros
Forma Física
Largura (cm)
19
Altura (cm)
25
Tiragem
2.000
Tipo de capa
Flexível
Tipo de Papel
Eurobulk 135g/m2 Miolo Masterblank 270g/m2 Capa Pólen Soft 80g/m2 Miolo
Tipo de encadernação
Brochura
Conteúdos
Assuntos Fotográficos
Assuntos Gerais
A+
A-