Capa do livro

Estação Sumaré

fotografias Alex Flemming

O livro-catálogo intitulado ‘Estação Sumaré’, foi desenvolvido para apresentar o trabalho do paulistano Flemming. Ele fez fotografias que foram estampadas sobre painéis de vidro de 1,75 m x 1,25 m. Utilizou também, duas séries de 22 imagens, colocadas enfileiradas nas plataformas e ordenadas, uma no sentido inverso da outra, com 22 poemas, um para cada imagem. São retratos anônimos de tipos raciais diferentes, brancos, pretos e asiáticos, fotografados frontalmente como nos passaportes, nas carteiras de identidade, ampliados e gravados sobre vidros", explicou Fábio Magalhães em texto para o livro. O artista viajou muito e teve vários passaportes ao longo da vida. As fotos utilizadas neste gênero de documento foram então a base da inspiração de Flemming para a criação da obra para o Metrô.

(FONTE: site da biblioteca IMS Paulista)

Identificação
Título
Estação Sumaré
Titulo equivalente
Sumaré station
Tipo de Publicação
Cidade de Edição
Estado de Edição
País de Edição
Editora
Ano de publicação
1998
Número de Páginas
1 vol. não paginado
Idioma
Ficha Técnica
Autoria (Fotografia)
Autoria (Texto)
Impressão
Forma Física
Largura (cm)
19
Altura (cm)
30,5
Tipo de capa
Flexível
Tipo de encadernação
Brochura
Conteúdos
Notas de idioma

Edição bilíngue em português e inglês.

Assuntos Fotográficos
Assuntos Gerais
Referências Externas
Acervo Consultado
A+
A-