Capa do livro

Arte-veículo

curadoria de exposição Ana Maria Maia

O projeto contempla uma exposição coletiva com 47 artistas e grupos estudados na pesquisa Arte-veículo da curadora proponente Ana Maria Maia. Desde a televisão, inaugurada em 1951, e a internet, difundida no início dos anos 2000 -, diferentes artistas e grupos figuraram no agendamento midiático para nele experimentar e praticar "inserções em circuitos ideológicos", como alegou Cildo Meireles em 1970. Ou disseminar "ideias vírus", conforme Giseli Vasconcelos prescreveu já em 2006, fazendo ressoarem ao longo das décadas os termos de uma relação que se dá entre os veículos de comunicação como hospedeiros e os artistas como parasitas. - SESC

(FONTE: site da biblioteca IMS Paulista)


* Publicação disponível na íntegra através deste link.

Identificação
Título
Arte-veículo
Tipo de Publicação
Cidade de Edição
Estado de Edição
País de Edição
Editora
Ano de publicação
2019
Número de Páginas
96 p.
Idioma
Ficha Técnica
Projeto Gráfico
Impressão
Outros
Forma Física
Tipo de capa
Flexível
Tipo de encadernação
Brochura
Conteúdos
Notas de Conteúdo

Contém obras de 3NÓS3, A revolução não será televisionada, Aimberê Cesar, Alex Hamburger, Analívia Cordeiro, Antonio Manuel, Aretha Sadick e Mama Jo, Camila Valones, Cildo Meirelles, Contrafilé/Mico, Cristina Ribas, Daniel Lima, Daniel Santiago, Flávio de Carvalho, Frente 3 de fevereiro, Geraldo Anhaia Mello, Giseli Vasconcellos, Glauber Rocha, Grupo Manga Rosa, Jac Leirner, Jomard Muniz de Britto, Lenora de Barros, Leonilson, Lia Letícia, Márcia X., Mauricio Ruiz, Neide Sá, Nuno Ramos, Olhar Eletrônico, Paulo Bruscky, Paulo Herkenhoff, Reforma Gráfica e Editorial do Jornal do Brasil, Sandra Kogut, Tati Wells, Teatro de Sanidades, TV Viva, TVDO, VideoHackers, Vitor Cesar e Yuri Firmeza.

Notas de exposição

Catálogo da exposição homônima, realizada no SESC Santos, de 16 de abril a 28 de julho de 2019.

Assuntos Fotográficos
Assuntos Gerais
Referências Externas
URL
Acervo Consultado
A+
A-