Capa do livro

À sombra do colonialismo : fotografia, circulação e o projeto colonial português (1930-1951)

texto Marcus Vinicius de Oliveira

Qual foi o papel da fotografia na construção e manutenção de projetos de poder colonialistas? Essa é a questão incômoda que Marcus Vinicius de Oliveira persegue em seu livro À sombra do colonialismo. O historiador analisa duas séries fotográficas associadas ao poder colonial português – mais precisamente, o regime salazarista, no início de sua instauração –, seus circuitos sociais, assim como seus usos e funções em um contexto colonial. A primeira série é um conjunto produzido por fotógrafos profissionais em dois grandes eventos promovidos pelo regime: a Exposição Colonial de 1934 e a Exposição do Mundo Português de 1940. A segunda foi produzida nas missões antropológicas sob a orientação de António Mendes Corrêa (1888-1960) e inclui os trabalhos da exposição de 1934, além das Missões da Guiné e de Moçambique. Sustentado em vasta documentação, o estudo de Oliveira é uma abordagem vigorosa e desconcertante sobre a economia visual que sustentou o colonialismo e suas ações de violência, sujeição e controle.

(FONTE: a publicação)

form-identification
Título
À sombra do colonialismo
Subtítulo
fotografia, circulação e o projeto colonial português (1930-1951)
Tipo de Publicação
Cidade de Edição
Estado de Edição
País de Edição
Editora
Ano de publicação
2021
Número de Páginas
288 p.
ISBN / ISSN
9786586903195
Idioma
form-series
Série
form-datasheet
Autoria (Texto)
Projeto Gráfico
form-physical-form
Largura (cm)
16
Altura (cm)
23
Tipo de capa
Flexível
Tipo de encadernação
Brochura
form-contents
Assuntos Fotográficos
Assuntos Gerais
Áreas de Conhecimento
A+
A-