Kali matou alguns medos e com os restos mortais adubou babosas

Em uma breve narrativa fotográfica, o fotozine conta com autorretratos que buscam conversar com simbologias do universo de Kali, a divindade hindu que fala sobre morte e renascimento, medo e coragem.

O formato escolhido para a publicação possibilita que ela seja também um cartaz. O texto original que o compõe foi escrito com tinta de pigmento natural gerada e produzida pela própria autora, em uma mistura com seu sangue menstrual, a fim de amarrar os simbolismos presentes na mitologia.

(FONTE: a autora)

Identificação
Título
Kali matou alguns medos e com os restos mortais adubou babosas
Tipo de Publicação
Cidade de Edição
Estado de Edição
País de Edição
Editora
Ano de publicação
2021
Número de Páginas
1 vol. nñao paginado
Idioma
Ficha Técnica
Autoria (Fotografia)
Forma Física
Largura (cm)
10
Altura (cm)
14,5
Tipo de capa
Flexível
Tipo de Papel
Pólen 90g/m2
Tipo de impressão
Jato de tinta
Tipo de encadernação
Canoa sem grampos
Conteúdos
Assuntos Fotográficos
Assuntos Gerais
Referências Externas
URL
A+
A-