Capa do livro

Viagem ao Afeganistão : alguns dias na Ásia Central trocando olhares com aquilo que ainda não tem nome

fotografia e texto Arthur Omar

Em março de 2001 o mundo assistiu com espanto à explosão de duas gigantescas estátuas de budas na cidade de Bamiyan, no Afeganistão. No início do ano seguinte, o artista plástico, cineasta e fotógrafo Arthur Omar partiu para lá com o sonho de resgatar um dos pedaços destes monumentos destruídos pelos talibãs para exibi-lo na Bienal de Arte de São Paulo. O livro Viagem ao Afeganistão é um dos resultados dessa expedição.

Com mais de 600 imagens, feitas em um país em guerra, o volume não se pretende um diário de viagem nem uma reportagem, mas propor questões que transcendem temas geopolíticos. A edição traz apresentação do intelectual italiano Antonio Negri. Com um trabalho poético e original, Arthur Omar põe em debate conceitos da própria linguagem fotográfica.

(FONTE: site da Amazon)



Identificação
Título
Viagem ao Afeganistão
Subtítulo
alguns dias na Ásia Central trocando olhares com aquilo que ainda não tem nome
Titulo equivalente
Journey to Afghanistan : a few days in Central Asia exchanging glances with that one which has no name yet
Tipo de Publicação
Cidade de Edição
Estado de Edição
País de Edição
Editora
Ano de publicação
2010
Número de Páginas
328 p.
ISBN / ISSN
9788575039229
Idioma
Ficha Técnica
Autoria (Fotografia)
Autoria (Texto)
Projeto Gráfico
Impressão
Forma Física
Largura (cm)
25
Altura (cm)
34
Tipo de capa
Dura
Tipo de encadernação
Brochura
Conteúdos
Notas de idioma

Edição bilíngue português-inglês.

Assuntos Fotográficos
Assuntos Gerais
Referências Externas
Acervo Consultado
A+
A-