Capa do livro

Memórias de uma ilha

Uma ilha é uma boa metáfora para o tipo de discurso que a fotografia pode constituir. Ela é um fragmento de visualidade que parece ter se desgarrado da continuidade do tempo e do espaço (...). Abrir caixas com imagens e produzir narrativas é uma das dinâmicas mais espontânea que a cultura fotográfica produziu.(...) Neste projeto, revirar velhas fotografias não tem a ver com saudosismo. O autor desta pesquisa parte da memória de sua infância para chegar a relatos sobre tempos que não conheceu. Ao olhar para o passado e percorrer no sentido inverso as próprias pegadas, descobriu outras tantas que já estavam lá e que já apontavam um caminho. – RONALDO ENTLER

(FONTE: site da editora)



Identificação
Título
Memórias de uma ilha
Tipo de Publicação
Cidade de Edição
Estado de Edição
País de Edição
Editora
Ano de publicação
2011
Número de Páginas
172 p.
ISBN / ISSN
9788564586048
Idioma
Ficha Técnica
Autoria (Texto)
Forma Física
Largura (cm)
17
Altura (cm)
23
Tipo de capa
Flexível
Tipo de encadernação
Brochura
Conteúdos
Assuntos Fotográficos
Assuntos Gerais
Referências Externas
URL
A+
A-