Capa do livro

Trabalhadores : uma arqueologia da era industrial

fotografias Sebastião Salgado

Em Trabalhadores, Sebastião Salgado investe mais uma vez a sua perícia técnica num projeto de fôlego que registra com olhar solidário o trabalho de homens e mulheres cujo ânimo se sobrepõe às condições mais duras. Reunindo 350 fotografias em preto-e-branco, acompanhadas de um texto introdutório elaborado em parceria com o escritor Eric Nepomuceno, o livro retrata diversas atividades que são sinônimo de trabalho penoso: o drama da tradicional pesca do atum na Sicília, a obstinação de garimpeiros e trabalhadores rurais no Brasil, a paisagem dantesca de uma mina de enxofre na Indonésia, famílias indianas envolvidas na construção de barragens para irrigação, combatentes de incêndios colossais em poços de petróleo no Kwait, resultando na narrativa iconográfica de uma verdadeira epopéia global. Indo além da mera captação de imagens, Salgado confere dignidade ao dia-a-dia das pessoas presas ao círculo estreito da necessidade, de uma perspectiva arqueológica que é completada pelos textos acrescentados às fotos, com informações históricas e factuais.

(FONTE: site da editora)


Identificação
Título
Trabalhadores
Subtítulo
uma arqueologia da era industrial
Tipo de Publicação
Cidade de Edição
Estado de Edição
País de Edição
Editora
Ano de publicação
1996
Número de Páginas
399 p.
ISBN / ISSN
8571645885 / 9788571645882
Idioma
Ficha Técnica
Autoria (Fotografia)
Autoria (Texto)
Projeto Gráfico
Forma Física
Largura (cm)
25,5
Altura (cm)
33
Tipo de capa
Dura com sobrecapa
Tipo de encadernação
Brochura
Conteúdos
Notas gerais

Acompanha um caderno de legendas de 23 páginas em anexo.

Outras edições:
– Workers. Nova York: Aperture Foundation, 1993.
Trabalho. Lisboa: Caminho, 1993.

Assuntos Fotográficos
Assuntos Gerais
A+
A-