Capa do livro

O flâneur e as ruas : fotógrafos e seus dispositivos na captura do acaso

O flâneur e as ruas propõe um passeio pelas ruas na companhia de fotógrafos que fizeram uso desse espaço como fonte inspiradora para o registro de imagens e que incorporaram em seus trabalhos um elemento recorrente: o acaso.

(...) a obra aborda as mudanças tecnológicas nos dispositivos fotográficos e aponta em que medida elas implicam na reconfiguração das práticas e processos para a captura de imagens provenientes da paisagem urbana.

Para enriquecer a discussão acerca do uso dos dispositivos fotográficos nesse contexto, o livro apoia-se na figura do flâneur para, por intermédio desse personagem curioso e fascinante citado na obra do poeta francês Charles Baudelaire e nos estudos do alemão Walter Benjamin, refletir sobre como o cenário das cidades e das ruas interfere na conduta do fotógrafo, implicando em diferentes maneiras de se deslocar e, consequentemente, de olhar e registrar a paisagem urbana.

A partir da compreensão da evolução dos dispositivos, das diferentes maneiras de caminhar pelas cidades e da relação entre o flâneur e o fotógrafo de rua, esta pesquisa desdobra-se em possíveis articulações e experiências que tais relações suscitam. Cada capítulo aborda o acaso na produção de quatro fotógrafos selecionados: Henri Cartier-Bresson, Bruce Gilden, Vivian Maier e o brasileiro Pedro Garcia, que usa o codinome de Cartiê-Bressão.

(FONTE: a publicação)

Identificação
Título
O flâneur e as ruas
Subtítulo
fotógrafos e seus dispositivos na captura do acaso
Tipo de Publicação
Cidade de Edição
Estado de Edição
País de Edição
Editora
Ano de publicação
2017
Número de Páginas
319 p.
ISBN / ISSN
9788547302276
Idioma
Ficha Técnica
Autoria (Texto)
Forma Física
Largura (cm)
15
Altura (cm)
21
Tipo de capa
Flexível
Tipo de encadernação
Brochura
Conteúdos
Assuntos Fotográficos
Assuntos Gerais
URL
A+
A-