Quem me ensinou a nadar

[A publicação é um] exemplo expressivo de um representante da nova geração que revela, em fotos p&b, o seu afeto por um familiar que o precedeu e com quem segue em diálogo, buscando flagrar, nas expressões do corpo, os seus íntimos sentimentos.

Sensível à tessitura das imagens que pedem palavras para, juntas, formarem uma obra única, verbo-visual, Enrique enriquece as suas fotos do avô com as palavras do próprio retratado. Assim, a escrita da luz se abraça à sombra das letras para registrar o raro encontro entre o ontem e o amanhã.

Quem me ensinou a nadar é uma linda celebração dos estreitos laços humanos. Uma prova não apenas de que o novo nasce do velho, mas de que, às vezes, aquele reverencia esse, com amor e gratidão por lhe trazer ao mundo – e continuar correndo, como sangue, em sua alma. – JOÃO ANZELLO CARRASCOZA

(FONTE: site da editora)


Identificação
Título
Quem me ensinou a nadar
Tipo de Publicação
Cidade de Edição
Estado de Edição
País de Edição
Editora
Ano de publicação
2020
Número de Páginas
52 p.
ISBN / ISSN
9786599163296
Idioma
Ficha Técnica
Autoria (Fotografia)
Autoria (Texto)
Edição
Design (Projeto Gráfico)
Impressão (Gráfica Principal)
Forma Física
Largura (cm)
20
Altura (cm)
15
Tiragem
90
Tipo de capa
Flexível
Tipo de Papel
Offset 150g/m2
Tipo de impressão
Offset digital
Tipo de encadernação
Brochura
Conteúdos
Assuntos Fotográficos
Assuntos Gerais
URL
A+
A-