Sic transit

Sic transit é uma ópera, um ‘road movie’ das voltas e reviravoltas da jornada do mistério humano e seus traços, sinais antes da emergência do ego umbigo, do qual o pequeno segredo de família é o pivô. Processo exigente, que questiona o sentido do sagrado, que liga o homem ao espaço e ao tempo, ao cosmos, aos outros homens. (...)

No primeiro ato, trata essencialmente da iconografia popular, o segundo está centrado na imagem em movimento, tal como o homem do século XX a descobriu através do cinema, mas também o travelling ordinário da visão a partir do interior do automóvel. O terceiro ato é um retorno radical às gravuras rupestres, os signos humanos mais antigos, mais simples, mais duráveis, onde o baixo-relevo só faz sentido com a luz que o anima. Dactilografam escrita da luz. 

(FONTE: a publicação)

Identificação
Título
Sic transit
Tipo de Publicação
Cidade de Edição
País de Edição
Editora
Ano de publicação
2016
Número de Páginas
1 vol. não paginado
Idioma
Ficha Técnica
Autoria (Fotografia)
Autoria (Texto)
Projeto Gráfico
Forma Física
Largura (cm)
22
Altura (cm)
17
Tiragem
30
Tipo de capa
Dura
Tipo de Papel
Hahnemühle Photo Matt Fibre 200g/m2
Tipo de impressão
Jato de tinta
Tipo de encadernação
Leporello
Conteúdos
Notas de idioma

Textos em português, francês e inglês.

Assuntos Fotográficos
A+
A-