Capa do livro

Alfabeto (carioca)

No Rio de Janeiro o ar livre e especificamente a praia substituem os cafés e discotecas como locais de convivência. Aqui, as apresentações são feitas entre cariocas e visitantes, novidades, projetos discutidos e acordos e planos são feitos. As pessoas flertam, acompanham as últimas fofocas e descobrem como será a festa da noite. Esses muitos microcosmos são obviamente dependentes do clima. Os cariocas dificilmente se aventuram na praia em um dia nublado, a maioria das pessoas que estão na praia em um dia de nublado são turistas. Para dar a essas tribos um alfabeto próprio foi criado o projeto "Alfabeto". 26 fotos do sol nascente tirados através de uma gota de condensação na janela que distorce a luz o suficiente para dar a cada forma de sol uma forma distinta. O projeto existe como um livro de fotos de edição limitada (100), bem como um conjunto de impressão. Essas 26 pequenas gravuras podem ser usadas para ilustrar todo o alfabeto ou copiado para escrever poemas e haikus sobre sua última experiência na praia.

(FONTE: o autor)

Identificação
Título
Alfabeto (carioca)
Tipo de Publicação
Cidade de Edição
Estado de Edição
País de Edição
Editora
Ano de publicação
2016
Número de Páginas
1 vol. não paginado
Idioma
Ficha Técnica
Autoria (Fotografia)
Projeto Gráfico
Forma Física
Largura (cm)
15
Altura (cm)
21
Tiragem
100
Tipo de capa
Flexível
Tipo de impressão
Offset digital
Tipo de encadernação
Brochura
Conteúdos
Assuntos Fotográficos
Assuntos Gerais
Referências Externas
URL
A+
A-