Vila Autódromo : Rio de Janeiro

Nos últimos anos, o Rio de Janeiro testemunhou um processo acelerado de transformações urbanas, para poder sediar os Jogos Olímpicos de 2016. Esse processo gerou uma profusão de imagens postas em circulação pela imprensa, pela propaganda política, por pesquisadores autônomos, militantes e moradores. Grandes construções, demolições, despejos e protestos por moradias tornaram-se sinais comuns da vida cotidiana no Rio.

Este é um ensaio visual e textual sobre esse momento da cidade a partir da experiência da Vila Autódromo. Das 500 famílias da comunidade original, restam cerca de 20. O projeto inicial do Parque Olímpico previa a manutenção e a reconstrução da comunidade como um legado social dos Jogos, mas a prefeitura começou a propor a remoção dos moradores para um conjunto habitacional erguido na região. A resistência dos moradores foi documentada na imprensa nacional e internacional, tornando a comunidade referência para outros casos de remoções ligadas aos Jogos.

(FONTE: o autor)

Identificação
Título
Vila Autódromo
Subtítulo
Rio de Janeiro
Tipo de Publicação
Cidade de Edição
Estado de Edição
País de Edição
Editora
Ano de publicação
2019
Número de Páginas
1 vol. não paginado
Idioma
Ficha Técnica
Autoria (Fotografia)
Autoria (Texto)
Forma Física
Largura (cm)
20,5
Altura (cm)
26,5
Tipo de capa
Flexível
Tipo de encadernação
Cadernos costurados com espinha aparente
Conteúdos
Assuntos Fotográficos
Assuntos Gerais
A+
A-