Capa do livro

Flieg

fotografias Hans Gunter Flieg ; organização Sergio Burgi

Ao longo de quatro décadas, Flieg registrou o desenvolvimento industrial brasileiro, além de ter documentado o design, a arquitetura e a publicidade no país entre os anos de 1940 e 1980. Fotografou instalações industriais, edificações e objetos que registram esse período, como as imagens de empresas como Willys-Overland, Mercedes-Benz e Marcas Famosas S/A, pioneiras da indústria automobilística no Brasil. Registrou também estandes de grandes indústrias em feiras nacionais (...).

Flieg fotografou para grandes agências de publicidade do período, como Standard e Thompson, participando também do 1º Salão Nacional de Propaganda, realizado no Museu de Arte de São Paulo em 1950. No ano seguinte, atuou como fotógrafo oficial da 1a Bienal Internacional de Arte de São Paulo, organizada pelo MAM-SP. Essas fotografias compõem um importante registro das artes plásticas em São Paulo, como é o caso da escultura Unidade tripartida, do artista suíço Max Bill (1908-1994), hoje integrante do acervo do MAC USP. Além da primeira edição da Bienal, Flieg documentou o circuito das artes do período, incluindo a construção da sede do Masp na Avenida Paulista na década de 1960.

(FONTE: site da editora)


Identificação
Título
Flieg
Tipo de Publicação
Cidade de Edição
Estado de Edição
País de Edição
Editora
Ano de publicação
2014
Número de Páginas
256 p.
ISBN / ISSN
9788583460107
Idioma
Ficha Técnica
Autoria (Fotografia)
Autoria (Texto)
Organização
Projeto Gráfico
Impressão
Outros
Forma Física
Largura (cm)
24,5
Altura (cm)
31
Tiragem
2.000
Tipo de capa
Dura
Tipo de Papel
Garda Pat Kiara 135g/m2
Tipo de encadernação
Brochura
Conteúdos
Assuntos Fotográficos
Assuntos Gerais
Referências Externas
URL
Acervo Consultado
A+
A-