Não minta para mim

O projeto aborda a vida pessoal, trajetória profissional, desaparecimento súbito e o legado do fotógrafo Tito Ferraz. O trabalho consta de imagens presumidamente de autoria de Tito, álbum de família, perfil no Facebook, fotografias salvas do seu HD, além do inquérito que investiga o seu sumiço e vídeo de entrevista a fotógrafos baianos.

Trata de uma série de estratégias de convencimento público da existência e importância desse personagem que se relacionou por um ano e meio com fotógrafos e pessoas de áreas correlatas através de postagens pelo Facebook (5.000 amigos; pode ser consultado no endereço: facebook.com/tito.ferraz), mensagens inbox no messeger, participação em manifestações, mostras de fotografias, etc, sem que seus interlocutores soubessem do seu caráter ficcional.

(FONTE: site do autor)


Identificação
Título
Não minta para mim
Tipo de Publicação
Cidade de Edição
Estado de Edição
País de Edição
Editora
Ano de publicação
2018
Número de Páginas
2 vols. não paginados
Idioma
Ficha Técnica
Autoria (Fotografia)
Autoria (Texto)
Organização
Forma Física
Tipo de capa
Flexível
Tipo de encadernação
Brochura
Conteúdos
Notas gerais

Obras únicas publicadas em 2015 (1. ed.) e 2017 (2. ed.).

Notas de Conteúdo

Publicação em dois volumes reunidas em título coletivo com o nome do projeto Não minta para mim. Um dos volumes é intitulado 43 retratos salvos do HD de Tito Ferraz e o outro Caderno de anotações sobre o desaparecimento do fotógrafo Tito Ferraz.

Assuntos Fotográficos
Assuntos Gerais
Referências Externas
URL
A+
A-