Capa do livro

A travessia da Calunga grande : três séculos de imagens sobre o negro no Brasil (1637-1899)

Os cativos afronegros que chegaram ao Brasil, forçados a fazer a travessia da Calunga Grande – expressão com que designavam o mar – são os protagonistas de uma narrativa que este livro se propõe a ilustrar, por meio de imagens que rastreiam sua contribuição e a de seus descendentes na construção do país ao longo de três séculos. Extraídas de fontes diversas, como iconografia produzida por artistas viajantes, revistas ilustradas do Segundo Reinado e fotografias, as imagens se reportam a três momentos: o século XVII, quando artistas trazidos por Maurício de Nassau realizaram os registros pioneiros sobre o afro-negro; a iconografia do século XVIII, relativa principalmente às regiões de mineração de ouro e diamante; e as abundantes e múltiplas imagens do século XIX, que constituem documentação riquíssima sobre a vida cotidiana no Brasil. O acesso a esse vasto material é facilitado por três tipos de índices: temático, de artistas e topográfico.

(FONTE: site da editora)

Identificação
Título
A travessia da Calunga grande
Subtítulo
três séculos de imagens sobre o negro no Brasil (1637-1899)
Tipo de Publicação
Cidade de Edição
Estado de Edição
País de Edição
Editora
Ano de publicação
2012
Número de Páginas
692 p.
ISBN / ISSN
9788531405600
Idioma
Ficha Técnica
Autoria (Texto)
Design (Projeto Gráfico)
Impressão (Gráfica Principal)
Forma Física
Largura (cm)
23
Altura (cm)
29
Tiragem
1.500
Tipo de capa
Flexível
Tipo de Papel
Cartão Supremo Duo Design 350g/m2 Couché Fosco 150g/m2 L'Agenda 80g/m2
Tipo de encadernação
Brochura
Conteúdos
Notas gerais

1. ed.: 2002
1ª reimp.: 2012

Assuntos Fotográficos
Assuntos Gerais
URL
A+
A-