Ariar

fotografias Amanda Carneiro

O objetivo deste trabalho é o questionamento do ser e de suas moradas, através de uma busca por entender o ser Kalunga. Trançando elos entre passado, presente e futuro questiona-se a ligação dos espaços, tempos, objetos e do próprio ser humano; fazendo paralelos entre a casa e o ser que ali reside. Tais semelhanças são construídas de forma que levam a entender que a “residência”, como objeto de habitação, passa a ser mais uma vestimenta de um ser que habita um corpo. Assim, por correspondência, tudo que compõe aquele espaço é uma extensão do próprio ser humano. Ariar fala sobre a necessidade de se manter um vinculo com o antigo, com o passado; e, ao mesmo tempo, estar presente no agora.

(FONTE: a autora)

Identificação
Título
Ariar
Tipo de Publicação
Cidade de Edição
Estado de Edição
País de Edição
Editora
Ano de publicação
2019
Número de Páginas
32 p.
Idioma
Publicação Seriada
Série
Volume
3
Ficha Técnica
Autoria (Fotografia)
Projeto Gráfico
Forma Física
Largura (cm)
14
Altura (cm)
21
Tiragem
100
Tipo de capa
Flexível
Tipo de encadernação
Canoa com grampos
Conteúdos
Assuntos Fotográficos
Assuntos Gerais
A+
A-