Peso morto

“Peso Morto” é um pequeno livro de fotografia “e apesar do volume que indica ser um calhamaço, a mão segura o peso de uma ilusão, leve e estranha ao que esperávamos.” Já nas primeiras páginas, Castilho antecede a narrativa explicitando que o livro se faz em uma sucessão de imagens, que entregou a quatro amigos e os pediu que escrevessem um texto a partir dessas. Assim, textos intercalam as imagens de paisagens áridas, onde montes de pedras ocupam espaços desérticos, em frente a casas, construções. Parece mesmo, serem os únicos seres que habitam aquele lugar.

Assim, a partir da introdução das possíveis narrativas literárias escritas por Vera Casa Nova, Marcelino Freire, Eduardo Jorge e Joca Reiners Terron ─ esse “peso morto” ressignifica-se. Então, “justamente, quando já fomos “revirados” de algumas maneiras, caímos no vácuo, em um buraco, físico, vazado através de muitas páginas, postas ali milimetricamente com começo e fim. A ideia do peso falso do livro e o abismo das páginas cortadas vieram da produtora editorial Viviane Gandra. Criou-se então um espaço projetado que nos surpreende em contraponto ao turbilhão de imagens escritas ou vistas anteriormente.”

(FONTE: site Coleção Livro de Artista).

Identificação
Título
Peso morto
Titulo adicional / equivalente
Dead weight
Tipo de Publicação
Cidade de Edição
Estado de Edição
País de Edição
Editora
Ano de publicação
2010
Número de Páginas
368 p.
ISBN / ISSN
9788591150007
Idioma
Ficha Técnica
Autoria (Fotografia)
Autoria (Texto)
Design (Projeto Gráfico)
Impressão (Gráfica Principal)
Forma Física
Largura (cm)
12
Altura (cm)
16
Tiragem
800
Tipo de capa
Dura
Tipo de Papel
Color Plus 150g/m2 Offset 150g/m2
Tipo de encadernação
Brochura
Conteúdos
Notas gerais

Cadernos 6 a 15 vazados em formato retangular (6 x 9 cm).

Notas de idioma

Edição bilíngue português-inglês.

Assuntos Fotográficos
Assuntos Gerais
URL
Localização do item
Acervo Consultado
A+
A-