Capa do livro

Entre o estúdio e a rua : a trajetória de Vincenzo Pastore, fotógrafo do cotidiano

O fotógrafo italiano Vincenzo Pastore atuou em São Paulo de 1899 a 1918. Nesse período, sobreviveu e ganhou dinheiro com retratos comerciais produzidos em estúdio ao mesmo tempo que se interessava pelo registro do espaço urbano e de seus personagens. Dividia-se, portanto, entre dois mundos: o ateliê, no qual diferentes grupos se apropriavam cada vez mais da fotografia como forma de representação social, e a cidade em intensa transformação, habitada por homens e mulheres egressos da escravidão ou, como ele próprio, estrangeiros que imigravam em busca de uma vida melhor. O percurso trilhado pelo fotógrafo se entrelaça com o de suas imagens – grande parte delas reproduzida neste livro – numa investigação que, segundo Paulo César Garcez Marins (Museu Paulista-USP), "apresenta a produção de Pastore como parte de uma inovadora história social do fazer fotográfico, tratando das relações da fotografia com as experiências sociais urbanas".

(FONTE: site da editora)

Identificação
Título
Entre o estúdio e a rua
Subtítulo
a trajetória de Vincenzo Pastore, fotógrafo do cotidiano
Tipo de Publicação
Cidade de Edição
Estado de Edição
País de Edição
Editora
Ano de publicação
2016
Número de Páginas
454 p.
ISBN / ISSN
9788531416316
Idioma
Ficha Técnica
Autoria (Fotografia)
Autoria (Texto)
Projeto Gráfico
Impressão
Forma Física
Largura (cm)
20
Altura (cm)
26
Tiragem
1.300
Tipo de capa
Flexível
Tipo de Papel
Cartão Supremo 300g/m2 Capa Offset 90g/m2 Miolo
Tipo de encadernação
Brochura
Conteúdos
Notas gerais

Projeto de pesquisa contemplado pelo XV Prêmio Funarte Marc Ferrez de Fotografia (2015).

Assuntos Fotográficos
Assuntos Gerais
Referências Externas
Acervo Consultado
A+
A-