Capa do livro

Álbum de família : a imagem de nós mesmos

A obra é, principalmente, um estudo sobre a comunicação e a cultura, uma vez que os álbuns retratam os modos e as circunstâncias em que as famílias viveram e se desenvolveram, como cada membro “se mostrou e se arquivou”. O autor recorreu à antropologia, à semiótica, à pesquisa de campo e às teorias da narração contemporânea para captar o papel desempenhado pela fotografia, em especial pelos álbuns de família, nas sociedades latino-americanas. Assim, esta é uma investigação sobre a sociedade e os modos de representação ou auto-representação de seus membros, na medida em que as imagens de um álbum revelam não só a intimidade de uma família, mas também, por extensão, a intimidade de uma sociedade: seus ritos, fetiches, hierarquias, desejos e máscaras, correspondendo ao desnudamento de um inconsciente social.

(FONTE: site da editora)

Identificação
Título
Álbum de família
Subtítulo
a imagem de nós mesmos
Tipo de Publicação
Cidade de Edição
Estado de Edição
País de Edição
Editora
Ano de publicação
2008
Número de Páginas
320 p.
ISBN / ISSN
9788598112718 / 9788573597394
Idioma
Ficha Técnica
Autoria (Texto)
Forma Física
Largura (cm)
16
Altura (cm)
23
Tipo de capa
Flexível
Tipo de encadernação
Brochura
Conteúdos
Notas gerais

Outras edições:
The Family Photo Album: the image of ourselves. Irvine: UMI, 1996.
Álbum de familia. La imagen de nosotros mismos. Bogotá: Editorial Norma, 1998.

Assuntos Fotográficos
Assuntos Gerais
A+
A-