Nome
Apeco
Sobre

Autodidata, Natálio Puras Penzo, conhecido como Apeco, começou a fotografar no início dos anos de 1950. Depois de se envolver em grupos clandestinos que lutavam contra a ditadura foi preso e torturado, abandonou os estudos de engenharia para abrir seu próprio estúdio, Foto-Apeco. Homem de personalidade inquieta, seu trabalho parte de um ponto de vista muito mais intuitivo que “mental”. Foi um dos pioneiros a trabalhar com fotografia experimental na República Dominicana, utilizando as técnicas da fotomontagem e das sobreposições com negativos de acetatos. 

(FONTE: site da Pinacoteca)

A+
A-