Nome
Marcos Santilli
Sobre

Nascido em Assis (SP), em 1951, Marcos Santilli é fotógrafo, curador e produtor cultural. No início da década de 1970, abandonou o curso de artes e arquitetura da Universidade de Brasília - UnB para atuar como fotojornalista nos periódicos Diário de Brasília e Jornal de Brasília. Estudou fotografia na escola Agfa Gevaert, em 1973, em Londres, e de volta ao Brasil, entre 1974 e 1978, fotografou para a sucursal da Editora Abril em Brasília. Paralelamente, inicia projeto de documentação audiovisual e fotográfica das transformações sociais e ambientais em Rondônia e no Acre. No começo dos anos 1980, transfere-se para São Paulo e trabalha no Instituto de Documentação e Artes da Prefeitura Municipal. Empenhado na melhoria das condições de trabalho dos fotógrafos, em 1977 e 1978, tornou-se vice-presidente da União dos Fotógrafos de Brasília e, de 1981 a 1982, da União dos Fotógrafos de São Paulo, e foi um dos membros-fundadores do Núcleo dos Amigos da Fotografia - NAFoto.

Paralelamente à atividade de fotógrafo, estudou um ano Comunicação Visual e dois anos Rádio e Televisão na Fundação Armando Álvares Penteado, em São Paulo. Pesquisou fotografia, cinema, vídeo e informática na New School for Social Research em Nova York (1987-1988), entre outros programas de bolsas de pesquisa. De 1998 a 2003, dirigiu o Museu da Imagem e do Som de São Paulo - MIS/SP.  Atualmente dirige a Memória Comunicações que desenvolve projetos culturais, educativos e turísticos nas áreas de fotografia, vídeo e artes visuais e mantém a Pousada dos Anjos, em Cunha, onde vive com a família.

(FONTE: Enciclopédia Itaú Cultural - texto adaptado)


Este projeto foi realizado com recursos do Fundo de Apoio à Cultura do Distrito Federal.
Logos de patrocinadores