Nome
Nicolas Behr
URL
Sobre

Nascido em Cuiabá em 1958, reside em Brasília desde 1974. Três anos depois lançou seu primeiro livro mimeografado, Iogurte com Farinha. Em 1978 foi preso e processado pelo DOPS por porte de material pornográfico (seus próprios livros), sendo julgado e absolvido no ano seguinte. 

A partir de 1980 passa a trabalhar como redator em agências de publicidade e se engaja no movimento ecológico. Em 1986 começa a trabalhar na Fundação Pró-Natureza (FUNATURA), onde fica até 1990. Desde então dedica-se profissionalmente ao seu mais antigo hobby: a produção de espécies nativas do cerrado.

Volta a publicar a partir de 1993, com Porque Construí Braxília. Em 2004, no livro Nicolas Behr – Eu Engoli Brasília – volume I da Coleção Brasilienses – o jornalista Carlos Marcelo traça seu perfil biográfico. Em 2008 seu livro Laranja Seleta foi finalista do Prêmio Portugal Telecom de Literatura. O filme Braxília (17 min.), de 2010, da cineasta Danyella Proença, um ensaio sobre a relação do poeta e sua cidade, ganhou vários prêmios em festivais de cinema. 

(FONTE: site do autor - texto adaptado)

Este projeto foi realizado com recursos do Fundo de Apoio à Cultura do Distrito Federal.
Logos de patrocinadores